amor, histórias, Sem categoria

Argos, o cão de rodinha! Conheça sua história de luta, amor e coragem!

Nós do Debate Animal, estamos sempre procurando ou cruzando com histórias lindas e cheia de amor com os animais, por isso buscamos fazer tudo com mais carinho e amor!

Hoje iremos contar a história do Argos, um Border Collie, de um ano e seis meses, cheio de energia e vontade de viver!

Sua tutora Larissa Tanaka Onuki relatou a sua história:

” A HISTÓRIA: (Curitiba-PR) Argos é um Border Collie cheio de energia! O adotamos filhote, em condições perfeitas de saúde. Em resumo, em Julho deste ano, ele (sempre curioso) deu um jeitinho de sair para fora do portão de casa e foi atropelado por um carro em alta velocidade. Sobreviveu bravamente a um traumatismo craniano, pulmão perfurado, e fratura de coluna, o que o deixou paraplégico. Segundo os veterinários que o salvaram, foi por um milagre. Hoje ele não corre mais riscos. Fizemos algumas adaptações na nossa estrutura e rotina que permitem que ele leve uma vida normal e muito feliz, mesmo sendo cadeirante. Ele é incrível e nos ensina todos os dias. Realmente é muito feliz e não se importa com a nova condição, ultrapassa todos os obstáculos, é um exemplo de garra, alegria e superação para qualquer bichinho e também o ser humano. “

Hoje nós nos deparamos com muitos casos de cães que tem problemas de locomoção, e seus tutores dispostos a mantê-los com qualidade de vida e sem sofrimento. Antigamente era raro as pessoas que aceitavam essas condições do seu animal e estavam dispostos a cuidar deles, mesmo com toda sua limitação. Muitas vezes o animal era levado para eutanásia, e hoje existem muitas opções de tratamentos para que o cãozinho possa viver bem, sem sofrimento e feliz.

20181211_093212.jpg

A prova de que ser paraplégico, não o impede de nada! (Imagem: Instagram@cao_de_rodinhas)

O Argos recebeu e recebe todo o tratamento necessário para viver bem e feliz, fez cirurgia, faz fisioterapia, acupuntura, ozonioterapia e tem sua cadeirinha de rodas adaptada para que possa se locomover.

20181211_093157.jpg

Argos na fisioterapia (Imagem: Instagram@cao_de-rodinhas)

A Larissa nos contou também, que o Argos foi inspiração para começar o projeto ‘Cão de rodinhas”

” O projeto tem o objetivo de ajudar ao máximo, fornecendo informações sobre os cuidados diários de um cãozinho especial e dicas para pessoas que possam estar enfrentando a mesma situação. Existem poucas informações disponíveis sobre o assunto e é um alívio quando entendemos que é possível sim seguir em frente sem precisar reinventar a roda ou desistir. Dentre os posts também conscientizarmos sobre os cuidados no trânsito em relação a atropelamentos, o não abandono dos bichinhos que adquirem uma condição especial ao longo da vida e que existe caminho fora a eutanásia (que infelizmente é muito recomendada nestes casos, e muitas vezes sem necessidade).

Para acompanhar e conhecer mais do projeto , O Instagram é @cao_de_rodinhas.

1 - image1

Argos representando os cães de rodinhas, inclusão e acessibilidade, no evento do concurso do cachorro do ano (Imagem: Larissa Tanaka Onuki)

PROJETO CÃO DE RODINHAS + FACULDADE DE DESIGN DE MODA SENAI: Foi realizado uma pesquisa com mais de 100 tutores de pets especiais de todo o Brasil, sobre este cenário e também as suas necessidades. Em parceria com a faculdade de Design de Moda do Senai de Curitiba, os futuros designers de moda, na disciplina de Inovação e Criatividade, tiveram acesso a dados da nossa pesquisa para desenvolver estudos de soluções de moda pet inclusiva e acessórios que ajudem no cuidado de pets especiais. Foi feita uma imersão com os alunos com a presença do Argos na faculdade e foi um sucesso, com muita emoção e empatia!

4 - image3

Projeto cão de rodinas + Faculdade de moda Senai – Curitiba – Futuros designers de moda (Imagem: Larissa Tanaka Onuki)

3 - image2

Imagem: Larissa Tanaka Onuki

Nós do Debate Animal desejamos que o Argos continue sua jornada feliz e saudável, com o amor dos seus tutores e que o projeto cresça ainda mais, para que ajude e sirva de exemplo de amor e dedicação para cães com condições especiais. Que seus donos nunca desistam deles!

E agradecemos a Larissa Tanaka Onuki, tutora do Argos, que cuida e respeita seu amigo! Que seu projeto só continue prosperando!

#debateanimal #amoranimal #loucosporbichos #loucosporcachorros #dogs #caoderodinhas

dicas, divertidos, histórias

Dica de leitura: Para sempre Ninão

download

Livro: Para sempre Ninão      Autor: Rodrigo Coelho

” Agora em forma de livro, é hora de conhecer as histórias das aventuras ninônicas!

Ninão e Pai do Ninão tinham uma relação de magnetismo puro na frente e atrás das câmeras, se tornando uma das duplas de maior sucesso na internet, com seus vídeos irreverentes e diferentes de tudo antes visto, cheios de fantasias e enredos mirabolantes ninônicos. Com relatos desses dois na vida real, vivências, detalhes e fotografias inéditas dessa conexão única e cativante, conheça toda a Família Ninônica, a rotina por trás das câmeras e detalhes de como foi essa amizade verdadeira que encantou tantos. Tudo isso contado pelo próprio protagonista, que finalmente ganha uma voz como sempre sonhou: Ninão. ”

Sobre os autores

Ninão
O cachorro que conquistou as redes sociais através de seu carisma, irreverência e expressividade. Protagonista de vídeos com um estilo único e insubstituível.

Pai do Ninão
O escudo de Rodrigo Coelho para expressar seu verdadeiro eu e mostrar ao mundo toda luz de Ninão. Seguindo um conselho de sua professora do primário, lança seu primeiro livro.

   Para quem adora um história divertida, emocionante e para quem se identifica e ama animais. O cachorro com a risada mais famosa do youtube, em uma narrativa muito descontraída e divertida, com um final muito emocionante. Passa uma mensagem muito positiva sobre o amor que temos pelos nossos cães. Se você já conhece o Ninão e o pai do Ninão pelo youtube e facebook, não pode deixar de conhecer toda a história contada no livro.

Canal: https://www.youtube.com/channel/UCIZ3qgxLHn1iOAeVSFbdQtw

curiosidades, notícias

Festa de Réveillon da Avenida Paulista terá queima de fogos silenciosa pela primeira vez

A tradicional festa de réveillon da Avenida Paulista, na região central de São Paulo, terá, pela primeira vez, uma queima de fogos silenciosa. A mudança foi confirmada pela Prefeitura nesta terça-feira (4).

O projeto de lei que proíbe soltar fogos de artifício barulhentos dentro do município de São Paulo foi sancionado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) em maio deste ano.

Os fogos com efeitos visuais, sem estampido, continuam permitidos, assim como aqueles que produzem barulho de baixa intensidade. A lei vale para recintos abertos e fechados, públicos ou particulares, em toda a capital paulista.

Pela lei, também ficou proibida a fabricação e uso de quaisquer artefatos pirotécnicos com efeito sonoro ruidoso. Em caso de descumprimento, a multa prevista é de R$ 2 mil.

O valor da multa será dobrado na primeira reincidência e quadruplicado a partir da segunda nas infrações cometidas dentro de um período inferior a 30 dias.

“O que se espera é uma conscientização da população para os problemas provocados pelo barulho dos fogos. É algo que atinge idosos, bebês, além dos animais. As pessoas com autismo têm muitas dificuldades. Com barulho intenso precisam de acompanhamento”, afirmou , à época da aprovação, o vereador Reginaldo Tripoli (PV), um dos autores da lei.

Fonte: g1.com

Sem categoria

Nota de repúdio

Nós do Debate Animal não gostamos de publicar notícias de atrocidades com animais, mesmo sabendo que isso acontece diariamente!

Não poderíamos deixar de prestar nossa solidariedade neste caso de grande comoção com o destino cruel que deram a esse cão!

Um dos funcionários do hipermercado da rede Carrefour de Osasco, em São Paulo, matou um cachorro que ficava por lá a pauladas.

Esperamos que a justiça seja feita e que esse crime, como tantos outros, não seja esquecido e os responsáveis sejam punidos, para que sirva de exemplo e consiga evitar mais casos graves como este!

Que Deus tenha piedade de nós e dos animais, e que a humanidade pare de fazer das vidas dos animais um inferno!

Não foi o primeiro e nem será o último! A sociedade não enxerga os animais como seres dotados e capazes de sentir e terem sentimentos de forma consciente.

Chega de crueldade!

” A grandeza de um país e seu progresso podem ser medidos pela maneira como se trata seus animais” (Mahatma Gandhi)

Arte: Geraldo Felício

amor, Sem categoria

Carta do seu amigo

“Tenho uma expectativa de vida entre 10 e 15 anos. Uma das coisas que mais me machucaria seria uma separação forçada da pessoa que eu aprendi a gostar. Saudade dói muito!

Dizem que sou irracional, mas é só dar um tempinho pra mim e saberei entender o que você deseja. Confiança se conquista e farei de tudo pra conquistar a sua. Isto me fará um bem muito grande.

Quando você me prende em algum lugar como punição ou então fica zangado comigo por muito tempo, eu fico muito triste, pois você tem amigos, escola, trabalho, diversão, mas eu, só tenho você!

Sei que muitas vezes sou levado, ciumento e arteiro. Por favor, nestas situações, não me bata, nem me maltrate, são apenas atitudes de quem quer chamar a atenção e receber um carinho a mais da pessoa que mais gosto na vida!

Estava me esquecendo, lembre-se, não tem dia nem horário, estarei sempre pronto a te acompanhar, sem reclamar e muito feliz por fazer parte da sua vida.

Por tudo isso, quando eu ficar velhinho, cuide bem de mim! Lembre-se dos momentos maravilhosos que passamos, e não me abandone, um dia você também vai ficar com mais idade.

E finalmente, a vida pra mim é muito mais fácil e bonita, pois tenho você sempre ao meu lado.”

Assinado: Seu Animal de Estimação

(Petfeliz)

adoção, amor, histórias, superação

Cachorro que tinha medo de ser tocado, agora não consegue parar de se aconchegar em seu salvador

Para um cachorro chamado Aka, toda a sua vida se resumiu a sobrevivência. Ele vagou pelas ruas de Lahan Sai, no Camboja, em busca de comida, água e lugares seguros para dormir. Quando Aka ficou doente e perdeu a maior parte de sua pele, a sobrevivência ficou ainda mais difícil.

Em agosto, Michael Chour, fundador do The Sound of Animals, um grupo que resgata cachorros na Tailândia e no Camboja, estava dirigindo para casa quando viu Aka na estrada.

“Aka saiu no meio de uma estrada muito movimentada a meio da noite, sem se importar com os carros que passavam por ele”, disse Chour. “Ele tinha um dos piores casos de sarna que já tinha visto. Eu acho que ele ficou doente por mais de um ano.”

Chour parou o carro e chamou por Aka. A princípio, o cachorro tentou fugir, mas quando Chour colocou uma tigela de comida no chão, Aka voltou.

Então Chour estendeu a mão e começou a acariciar Aka, que não parecia saber como reagir. É possível que ninguém tenha tocado em Aka dessa forma anteriormente, explicou Chour.

“As pessoas aqui odeiam cachorros vadios e muitas vezes simplesmente atiram pedras neles”, disse ele. “E eu que ele nunca teve um dono a vida toda.”

Aka ainda parecia estar com muito medo, mas Chour conseguiu convencê-lo a entrar no carro para que ele pudesse levar Aka ao abrigo de sua organização, o Blue Dream.

“Provavelmente foi o cansaço que o fez aceitar vir comigo”, disse Chour. “Mas também acho que ele entendeu que eu queria ajudar.”

Chour colocou alguns cobertores macios no banco de trás do carro e Aka se aconchegou neles.

“Eu coloquei minha mão em sua cabeça o tempo todo que dirigimos de volta ao abrigo”, disse Chour. “A certa altura ele se chegou perto de meus braços para um abraço.”

Assim que chegaram ao Blue Dream, Chour e os outros voluntários fizeram um exame médico completo a Aka e além de sarna, ele tinha parasitas no sangue e uma infecção bacteriana, então a equipe começou a tratar ele com antibióticos e fluidos IV.

Aka passou as semanas seguintes recuperando sua saúde e força – e depois de um mês, ele já parecia um cachorro completamente novo .

“Ele está aos meus cuidados há mais de um mês, e ele já tem seu todo o pelo de volta”, disse Chour. “Não completamente, mas quase.”

Aka também começou a adorar Chour e agora procura ativamente amor e atenção.

“Aka encontrou seu motivo para viver”, disse Chour. “Ele voltou a confiar novamente e sempre pede atenção. Eu adoro vê-lo pular atrás de mim. Ele nem precisa de uma coleira para caminhar, porque ele nunca fica a mais de um metro de mim.

Aka vai ficar no Blue Dream até Chour encontrar uma família que gostaria de adotá-lo, embora Chour também esteja considerando manter Aka no abrigo, porque ele simplesmente não consegue ficar longe de Chour.

“Todos os dias, eu o trago comigo no carro para fazê-lo feliz, e ele gosta de pular nos meus ombros enquanto eu dirijo”, disse Chour. “Ele me beija e me beija o tempo todo.”

Aka está seguro agora, mas Chour ressalta que há inúmeros outros cachorro na mesma situação – não apenas no sudeste da Ásia, mas em todo o mundo.

“Eu adoraria que as pessoas olhassem em volta e se vissem outro Aka, apenas o leve e o ame, já que todos esses cachorros têm muito para dar”, disse Chour.

Publicado originalmente em: Portal Animal

 

Sem categoria

Lelo

Lelo, faz uma cara assustadora?
Ficou mais com cara de abóbora na foto! Coisa mais fofa!

Mande a foto do seu pet também para o debate animal!

🎃🎃🎃🎃🎃🎃🎃🎃🎃

@romeuemalelo

#debateanimal #loucosporbichos #amoranimal #loucosporgatos #lovecats #gatos #cats #Halloween #diadabruxas