adoção

Dorothy para adoção 

Essa é a Dorothy, uma linda meninona á espera de um lar.

Foi abandonada prenha na rua, mas foi resgatada e todo os seus filhotes já foram adotados.

Ela está castrada, vacinada e vermifugada. Novinha, tem aproximadamente um ano e meio. Seu porte é grande, pesa em média 27kg (tamanho de um labrador). Além de linda, é extremamente dócil e amorosa, adora pessoas e se dá bem com outros animais. 

Vamos ajudá-la a encontrar um lar?

##compartilhe….assim as chances dela aumentam!

Contato: 11- 96399-9937

histórias

Carta do seu animal de estimação 

“Tenho uma expectativa de vida entre 10 e 15 anos. Uma das coisas que mais me machucaria seria uma separação forçada da pessoa que eu aprendi a gostar. Saudade dói muito!

Dizem que sou irracional, mas é só dar um tempinho pra mim e saberei entender o que você deseja. Confiança se conquista e farei de tudo pra conquistar a sua. Isto me fará um bem muito grande.

Quando você me prende em algum lugar como punição ou então fica zangado comigo por muito tempo, eu fico muito triste, pois você tem amigos, escola, trabalho, diversão, mas eu, só tenho você! 

Sei que muitas vezes sou levado, ciumento e arteiro. Por favor, nestas situações, não me bata, nem me maltrate, são apenas atitudes de quem quer chamar a atenção e receber um carinho a mais da pessoa que mais gosto na vida! 

Estava me esquecendo, lembre-se, não tem dia nem horário, estarei sempre pronto a te acompanhar, sem reclamar e muito feliz por fazer parte da sua vida. 

Por tudo isso, quando eu ficar velhinho, cuide bem de mim! Lembre-se dos momentos maravilhosos que passamos, e não me abandone, um dia você também vai ficar com mais idade.

E finalmente, a vida pra mim é muito mais fácil e bonita, pois tenho você sempre ao meu lado.”

Assinado: Seu Animal de Estimação

histórias

Conheça a história do Chiquinho

     Chiquinho foi abandonado na rua pelo seu ex-dono (se podemos chamá-lo de dono), pois estava com infestações de larvas de mosca (” bicheiras”). De tanta tristeza e dor, começou a se mutilar e não demorou muito para o pequeno adoecer.

     Uma senhora bem humilde o encontrou, achando que era um saco de lixo largado na rua. Mesmo com o seu marido não tolerando animais, ela o socorreu e levou para casa.

     A senhora pediu ajuda para as Protetores de São Mateus, zona leste de São Paulo e prontamente levaram ao veterinário, onde foi constatado que teriam que amputar toda sua patinha, pois já estava muito comprometida e também foi feito a castração para que no futuro pudesse ser colocado para adoção.

     Esta senhora chegou a levar o Chiquinho para casa, mas por o marido não permitir que ele ficasse, ela teve que mantê-lo escondido. Como precisava de mais cuidados para evitar uma infecção, infelizmente não pode ficar com ele.

    Chiquinho ficou no lar temporário, de Dona Cida, que cuidou por um tempo dele e fez a divulgação de sua adoção. Foi ai então que ele chegou nas mãos da nossa leitora Sueli, que estava a procura de um bichinho para dar o seu neto.

     Ao chegar em casa tentaram mudar seu nome, mas ele ficou como Chiquinho, uma homenagem a São Francisco de Assis, que Sueli acredita se por seu intermédio que encontrou o cãozinho.

    Chiquinho leva uma vida normal, apesar de não ter uma das patas. É sapeca, companheiro e amoroso. Deixou para trás todo o sofrimento do abandono e agora vive feliz com muito amor e respeito dos seus novos donos.

     A Sueli está muito feliz por ter adotado seu amigo tri-patas e agradece a Deus e todas as pessoas que fizeram parte desta história e ajudaram o Chiquinho a se recuperar e chegar em sua casa, principalmente sua vizinha Liliani que foi quem ficou sabendo que o cãozinho estava para adoção.

     Está história foi enviada por nossa leitora e seguidora Sueli Garcia Pulido!

    Se você tem seu bichinho ou alguma história de amor como esta mande para o Debate Animal, vai ser um prazer dividir com nossos seguidores! 🙂

#compartilheamor

20773619_1619587654780639_304732185_o

20793345_1619587688113969_503747090_n

Imagens: Sueli Garcia Pulido