gatos, histórias, Sem categoria

Ruble, o gato de 30 anos

Rubble(foto) nasceu no dia 20 de maio de 1988. E em 2018 se tornou o gato mais velho ainda vivo, com 30 anos. O recorde foi celebrado com uma festa de aniversário em uma clínica veterinária na cidade de Exeter, na Inglaterra, com direito a bexigas, comida e um checkup grátis.

Ao seu lado estava a tutora Michele Foster que lembra exatamente do dia em que adotou Rubble. O momento era marcante, pois era o dia de seu aniversártio de 20 anos de idade, hoje ela tem 50 anos.

Michele, que nunca teve filhos, acredita que a longevidade de Rubble deve-se ao excesso de zelo com que ele é cuidado. Rubble também tinha outra irmã postiça felina, que viveu mais de 25 anos.

Ele poderia estar no Guiness Book mas Michele não quer : “Não tenho certeza se ele gostaria que muitas pessoas viessem vê-lo ou um rebuliço sendo feito por causa dele. Rubble está velho agora e não gosta de muita atenção ou de ser incomodado e se irrita as vezes.Quero que ele tenha uma velhice em paz.”, explica.

(Picture: Heavitree City Vet / SWNS.com)

O gato mais velho (falecido) do mundo, de acordo com os livros de registro, foi Creme Puff, que nasceu em 3 de agosto de 1967 e viveu até 6 de agosto de 2005 – um total de 38 anos e 3 dias.
E ainda tem gente que fala que gato com 10~15 anos é velho. A média de vida de um gato bem cuidado hoje em dia é de 20 anos ou mais.

Quem quiser verificar a veracidade da história clique no link abaixo

https://en.wikipedia.org/wiki/Rubble_(cat)
https://metro.co.uk/2018/06/02/rubble-the-oldest-cat-in-britain-has-just-celebrated-his-30th-birthday-7596975/

curiosidades, dicas, gatos, notícias

Avenida Paulista terá exposição gratuita com 260 gatos de vinte raças

Promovida pelo Clube Brasileiro do Gato, mais uma exposição de felinos com pedigree rola neste sábado (18) e neste domingo (19), das 10h às 17h. O evento gratuito ocupa o Club Homs, na Avenida Paulista.

Haverá cerca de 260 bichanos de vinte raças, incluindo o vira-lata. Espere encontrar tipos como o gigante maine coon, o tigrado bengal e os mais tradicionais siamês e persa. Será a primeira participação na atração de um british longhair, que lembra o peludo do filme Alice no País das Maravilhas. Lojinhas com produtos temáticos também estarão por lá.

A entrada é gratuita. Porém, pede-se aos visitantes que levem uma lata de leite em pó para ser doada à Casa Hope, entidade que ajuda crianças com câncer. A mesma quantidade arrecadada em leite será presenteada em ração para duas ONGs de gatos.

Aos interessados em visitas monitoradas para conhecer melhor as raças: elas começam às 11h, 13h e 15h. As inscrições devem ser realizadas na hora. Vale lembrar que não é possível comprar animais por lá ou levar seu próprio pet ao local.

Exposição do Clube Brasileiro do Gato

Quando: Sábado (18) e domingo (19), 10h às 17h

Onde: Club Homs. Avenida Paulista, 735, próximo ao metrô Brigadeiro

Quanto: Grátis. Pede-se a doação de uma lata de leite em pó

amor, divertidos, gatos, histórias

O amor inexplicável desse gatinho por pêssegos será a melhor coisa que verá o dia todo

Com o verão bem adiantado, os mercados de agricultores estão cheios de produtos maravilhosos – e o gato de que vamos falar hoje, não poderia estar mais empolgado com a chegada da temporada do pêssego.

Não é que Ozzy queira comer a fruta suculenta. Para o gato malhado de 5 anos, nenhuma cama se pode comparar a uma pilha de pêssegos maduros. Na verdade, ele consegue até encontrar múltiplos usos para a fruta, toda vez que sua família os traz para casa.

“Ele fuça neles, usa como travesseiro, ou fica simplesmente de pé sobre eles,protegendo-os”, disse Lydia Coutré, cujos pais são os donos de Ozzy. Durante anos, os estranhos hábitos do gato encantaram suas irmãs humanas, Lydia e Lorraine.

“[Ele] foi ‘apresentado’ aos pêssegos durante a primeira estação de pêssegos em que ele veio para a nossa família”, disse Coutré. “Ele os encontrou na mesa e imediatamente se começou a esfregar neles, então achamos que seja provavelmente essa a sensação dos pêssegos que ele gosta.”

O dono do Ozzy deixa os pêssegos a amadurecer em folhas de jornal – dando a Ozzy a oportunidade perfeita para se aninhar. Se a família de Ozzy quiser manter seus produtos livres de pêlos de gato, então irão precisar recorrer a medidas desesperadas.

“Minha mãe uma vez colocou os pêssegos no porão para mantê-los longe de Ozzy”, explicou Coutré. “Mas ainda assim ele os encontrou e deixou um buraco do tamanho do corpo dele no meio do que antes eram enormes fileiras de pêssegos.”

Ozzy mora com a família Coutré desde que foi adotado no outono de 2013. Lorraine e sua mãe foram voluntárias na Harbor Humane Society em West Olive, Michigan, quando decidiram dar uma olhada nos gatos disponíveis para adoção. Eles não estavam planejando expandir sua família no momento, mas quando Lorraine viu Ozzy, foi amor à primeira vista.

“Eu vi Ozzy logo no começo (seu nome era Blaze na época) e não consegui manter minha vista longe dele”, disse Lorraine Coutré. “Quando eu finalmente consegui conhecê-lo, logo antes de irmos embora, ele se derreteu completamente em meus braços e aí nós o trouxemos para casa!”

Ozzy é um gato brincalhão e fofo em geral, mas seu amor não se estende a todos os frutos. De fato, o citrinos têm o efeito oposto nele.

“Ozzy odeia clementinas”, disse Coutré. “Ele cheira, faz cara má, vira o nariz e foge. Ozzy não abraça nenhuma outra fruta – apenas pêssegos.

O estranho caso de amor de Ozzy com a fruta se tornou uma piada na família Coutré. Os donos do Ozzy irão deliciar suas filhas enviando fotos do Ozzy dormindo entre os pêssegos para o bate-papo familiar.

Por fim, Coutré não conseguiu guardar as fotos hilárias para si e as compartilhou em um post no Twitter.

Dentro de poucos dias, o post se tornou viral com mais de 60.000 retweets e mais de 100.000 curtidas. No entanto, Ozzy não parece se importar com o quão famoso ele se tornou – ele está muito mais preocupado com o final da temporada do pêssego.

“Estou feliz que a internet o ame tanto quanto nós”, acrescentou Coutré. “E talvez nós lhe compremos alguns pêssegos fora de época para lhe fazer companhia.”“Estou feliz que a internet o ame tanto quanto nós”, acrescentou Coutré. “E talvez nós lhe compremos alguns pêssegos fora de época para lhe fazer companhia.”

Para saber mais sobre Ozzy e seus amigos pêssegos, você pode segui-lo no Instagram.Para saber mais sobre Ozzy e seus amigos pêssegos, você pode segui-lo no Instagram. (@ozzyanddarcy)

Publicado originalmente em Portal do animal

curiosidades, gatos, notícias

Detalhes incríveis da língua dos gatos inspiram cientistas

As qualidades e habilidades da língua dos gatos podem inspirar produtos para o dia a dia do ser humano e para a robótica.

A língua dos gatos é composta de pequenas cerdas pontiagudas e inclinadas

Estudos mostraram que a língua dos gatos é composta de pequenas cerdas pontiagudas e inclinadas, como se fossem espinhos. Foto: Alexis C.Noel

Quem tem gatos e já sentiu uma lambida deles, sabe que elas são extremamente ásperas. E muitas pessoas querem saber por que a língua dos gatos é áspera. A sensação é que ela possuí  pequenos espinhos. E isso é verdade.

Estudos desenvolvidos pela engenheira Alexis Noel, mostraram que a língua dos gatos é composta de pequenas cerdas pontiagudas e inclinadas, como se fossem espinhos, por isso ela é tão áspera.

Essa característica faz dela uma ferramenta poderosa para que gatos desmancharem todos os nós que possam existir nos pelos.

Essas pequenas pontas se engancham firmemente aos emaranhados dos pelos e, aliada ao movimento da língua, todos os nós, por pior que sejam, se desmancham como mágica.

As papilas gustativas da língua dos gatos fazem o resto do trabalho e impedem que os pelos se fixem na língua, alguns são cuspidos e uma parte é engolida, formando as conhecidas bolas de pelos.

Por isso os gatos têm os pelos tão lisinhos e fofinhos, diferentes dos cães. Eles possuem na boca a escova mais potente e poderosa que pode existir.

A engenheira estudou em detalhes a língua dos gatos e reproduziu todo o trabalho realizado por ela, a ideia é usar isso para incrementar produtos para uso do homem e para a robótica.

Alexis comparou essas habilidades da língua dos gatos com as cerdas de uma escova de cabelos, que são retas e sem ponta, fazendo com que os cabelos fiquem presos a elas.

Enquanto as cerdas da língua dos gatos são inclinadas e extremamente flexíveis. Elas se levantam quando estão em uso e se retraem quando não estão sendo usadas, ficando lisinhas, de forma que os pelos possam escorregar. Nenhum pelo fica preso à língua dos gatos.

A equipe da cientista filmaram vários momentos da língua dos gatos, usando câmeras superpotentes. A partir disso, usaram uma impressora 3D para imprimir uma língua de gato quatro vezes maior que o tamanho real.

Os testes realizados com a língua gigante mostraram que as características permaneceram as mesmas. Utilizada em escovação, ela não precisava ser limpa, assim com a língua real.

Onde o processo da língua dos gatos poderá ser utilizado

A escova de cabelos é só um item que os engenheiros estão comparando para utilização do processo. Ele também poderá ser empregado na fabricação de pinceis e ferramentas para limpeza por exemplo.

No campo da medicina poderá ajudar muito no processo de limpeza em ferimentos.

O uso dessas características também pode beneficiar significativamente o campo da robótica. Um dos problemas que pode ser resolvido é fazer com que um robô possa pegar objetos lisos sem que escorreguem.

Até agora, os cientistas não conseguiram encontrar maneiras eficientes para que os robôs, fabricados em materiais escorregadios, consigam criar aderência em superfícies lisas. Mas isso pode ser resolvido imitando a língua dos gatos.

A ideia do estudo surgiu porque Alexis é uma apaixonada por gatos e tem grande vivência com eles. Ela contou a CBS News que estava assistindo TV com seus gatos, quando um deles resolveu lamber a manta do sofá.

Naquele momento ela começou a observar como cientista e a se indagar como eles conseguiam tirar a língua tão facilmente dos pelos da manta sem se emaranhar, já que ela sabia que a língua dos gatos é composta de pontas.

Observando os movimentos do seu gatinho, ela descobriu que ele conseguia tirar a língua simplesmente empurrando contra a manta e não puxando.

Ela já havia realizado estudos sobre como a saliva afeta os sabores e nessa pesquisa descobriu que vários mamíferos possuem “espinhos” na língua, entre eles os tigres, as vacas e os veados.

Noel e sua equipe irão desenvolver a tecnologia da língua de gato através Georgia Tech, que ajuda a National Science Foundation no desenvolvimento de potenciais “produto” pesquisados.

Fonte: akieobicho.com
Foto: ederepente50
curiosidades, gatos, notícias

EMPREGO DOS SONHOS: EMPRESA PROCURA CANDIDATOS PARA ACARICIAR GATOS O DIA INTEIRO

Imagine a seguinte situação: você fazendo carinho em vários gatinhos ao longo de um dia inteiro e ainda por cima, ganhando remuneração por isso. Seria um sonho, não? Pois você sabia que uma empresa resolveu transformar esse desejo de todo(a) gateiro(a) em realidade? Just Cats Veterinary, empresa localizada em Dublin, na Irlanda, é voltada para o cuidado com gatos, e abriu um processo seletivo para que pessoas apaixonadas por bichanos possam trabalhar em tempo integral acariciando gatinhos com necessidades especiais

“O candidato ideal deve ter mãos suaves capazes de acariciar e acariciar gatos por longos períodos de tempo. Ele precisa falar suavemente e ser capaz de sussurrar para acalmar os nervos de alguns de nossos pacientes hospitalizados. A capacidade de compreender diferentes tipos de rosnados é uma vantagem adicional distinta em ajudá-lo a proteger esta posição com a gente”, informou a oferta. 

E você, toparia um emprego desses?

Fonte: https://blog.catclub.com.br

curiosidades

Curiosidades Felinas

* A audição dos gatos é bem mais sensível que dos homens e cães, possuem os ouvidos afunilados que podem amplificar os sons como um megafone.

 

* Andam na ponta dos dedos.

* São muito limpos e passam cerca de 30% de sua vida se limpando. Quando se lavam, perdem quase tanto liquido, quanto perdem urina.

* O ronronar nem sempre é por alegria e prazer. Alguns gatos ronronam alto quando estão com medo ou com dor.

* Possuem 30 dentes, enquanto os cães possuem 42. Os dentes de leite são substituídos pelos permanentes por volta dos 7 meses de idade.

* A expectativa de vida de um gato bem cuidado é de mais ou menos 16 anos.

* Em proporção ao corpo, os gatos são os mamíferos que possuem os maiores olhos.

* Usam a cauda para se equilibrarem.

* A mania de se esfregarem nas pessoas acontece porque possuem glândulas odoríferas na cabeça, que ao se esfregarem liberam secreções (limpas) que deixam seu odor impregnado para marcação de território. O cheiro não é detectado por nós humanos, somente por animais.

* Podem dormir por 16 horas, divididas em vários períodos.

* São capazes de pular 5 vezes a sua altura.

* A velocidade, visão e habilidade de um gato colocam-no entre os maiores caçadores da natureza.

* Enxerga 6 vezes melhor que um humano a noite.

* A pelagem com 3 cores diferentes é sempre de fêmeas.

* Os bigodes de um gato servem para orienta-los, nunca devem ser cortados.

* A temperatura normal de um gato é de 38 graus.

* Quando assustado, todo o pelo do corpo se eriça. Quando pronto para o ataque, o pelo se eriça apenas numa estreita faixa sobre a coluna vertebral.

Curiosidades geográficas:

* Na China, estátuas de gatos possuem a simbologia de expulsar maus espíritos.

* Na França, simboliza sorte e fortuna.

* Na Grécia, simboliza a feminilidade e prazer sexual.

* Na Índia, possuem livre acesso às residências porque trazem a prosperidade aos lares.

* Na Indonésia tem a superstição que ao aspergir gotas de água sobre o gato atrai a chuva.

* No Japão o talismã Maneki-Neko é um símbolo de boa sorte.

* As lendas dizem que Maomé foi salvo de uma picada de cobra por um gato.

* Os gatos em muitos locais do mundo foram introduzidos para reduzir a população de ratos.

* Antigos egípcios tinham uma adoração, como se gatos fossem Deuses. Matar um gato, era crime punido com a morte.

 

Fonte: Revista pulo do gato
Imagem: Mundo dos animais